quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Você conhece o Papai Noel? Será que ele existe?

Como surgiu Papai Noel?


Historiadores afirmam que a maior figura emblemática do natal, o Papai Noel, também conhecido como "O bom velhinho", foi inspirado num bispo chamado Nicolau, nascido na Turquia, por volta de 280 d.C. O bispo, homem muito caridoso, ajudava as pessoas humildes, deixando sacos de moedas nas chaminés das casas, e talvez por isso, até hoje permanece a história de que Papai Noel realiza a entrega dos presentes descendo as chaminés!

Bispo Nicolau (Foto: Reprodução)

São Nicolau (Imagem: Reprodução)

Nicolau foi transformado em santo (São Nicolau) devido a várias pessoas atribuírem milagres a ele.
São Nicolau (Imagem: Reprodução)

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu inicialmente na Alemanha e foi se espalhando pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos atribuíram o nome de "Santa Claus", no Brasil de "Papai Noel" e em Portugal de "Pai Natal".
Antigas roupas de Papai Noel (Imagem: Reprodução)
Até o fim do século XIX, o Papai Noel era visto em uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Já em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast produziu ma nova imagem para Papai Noel, criou então a tradicional roupa vermelha e branca, com cinto preto, e apresentou-a na revista Harper’s Weeklys, neste mesmo ano.
 (Imagem: Reprodução)

Somente em 1931, após a Coca-Cola ter lançado uma grande campanha publicitária, a nova roupa de Papai Noel (do figurino criado por Nast), com as mesmas cores do refrigerante, alavancaram a imagem do Bom Velhinho mundo afora.

Papai Noel levando alegria às crianças (Foto: Reprodução)

 (Foto: Reprodução)

 A imagem de Papai Noel associada à Campanhas Humanitárias
 (Foto: Reprodução) 
 Atualmente, a figura do Papai Noel está presente no imaginário das crianças do mundo inteiro, em especial nas festas natalinas. É o bom velhinho de barbas brancas e roupa vermelha e branca que na véspera do Natal, leva os presentes para as crianças obedientes e comportadas. Ele sai do Pólo Norte com seu trenó, sendo puxado por renas voadoras, para levar alegria às famílias no Natal.

(Imagem: Reprodução)

Será que existe mesmo esse tal de Papai Noel?


Pois bem, após conhecermos a verdadeira história de Papai Noel, vamos responder a essa pergunta que muitas crianças fazem a seus pais e os deixam em situação difícil.

Então vamos às respostas...

Se uma pessoa acha que o importante do Natal são somente os presentes que estão por vir, mas se esquece ou se nega durante todo ano de dar ajuda aos necessitados, seja ela financeira, com mantimentos ou simplesmente com atenção e preocupação com os problemas alheios, essa pessoa pode responder tranquilamente que o Natal, o Papai Noel e o Espírito Natalino nunca existiram, não existem e jamais existirão.

Se uma pessoa só fica "boazinha" em época de festas natalinas, ela pode responder que DE VEZ EM QUANDO o Natal pode ser bom, ALGUMAS VEZES o Espírito Natalino toca em nossos corações e ainda, TALVEZ exista Papai Noel.

(Imagem: Reprodução)
Mas se... não apenas no Natal, dia de comemoração do nascimento de JESUS CRISTOvocê consegue PRATICAR no seu dia à dia a caridade e o amor ao próximo (principalmente aos necessitados), pode afirmar com toda a certeza que SIM, o NATAL existe, o ESPÍRITO NATALINO existe, e que enquanto existirem pessoas boas como você, sempre existirá a figura do PAPAI NOEL, podendo ser eu, você ou todos nós juntos, usando roupas vermelhas ou não, mas levando sempre o principal e o maior presente que JESUS doou à humanidade: O AMOR, que podemos repassar gratuitamente, ao estendermos as mãos a quem mais precisa!



Feliz Natal a Todos!
E que em 2016 tenhamos muita Paz, Saúde e Amor, para continuarmos repassando a quem mais precisa!