domingo, 1 de junho de 2014

Saiba o que é hiperdontia !

Você sabe o que é Hiperdontia ?

  • Essa foto é real? 

Tudo indica que pode ser real, pois a doença existe, só não sei se fica dessa maneira, mas vamos conhecer a Hiperdontia.

Hiperdontia é quando uma pessoa desenvolve mais de 20 dentes decíduos ou mais de 32 dentes permanentes, elas têm hiperdontia bucal, ou seja, ela tem um excesso de número de dentes. Tais dentes são chamados de supranumerários.

Dentes além do normal podem surgir em qualquer parte do arco dental. No entanto, os mais comuns são os incisivos permanentes e os quarto molares. 

A hiperdontia não é uma condição tão rara, cerca de 4% da população possui pelo menos um dente supranumerário, em muitas regiões são chamados de “dentes encavalados”, por nascerem muito juntos aos permanentes por falta de espaço. Mas os grandes números são raros. Já existem relatos de pessoas com mais de 30 dentes excedentes, que muitas vezes está associada a condições como lábio leporino (fissura labial). Acredita-se que a hiperdontia possa acontecer através de um componente genético consistindo de uma caraterística autossômica dominante.

Assim, caso um dos pais apresentem dentes excedentes, a condição tem chances de 50% de ser passada para o filho! Alguns especialistas defendem a teoria de que a hiperdontia é causada por uma hiperatividade da lâmina dental durante o desenvolvimento dentário, uma região onde ficam as células que formam o dente.

Os dentes supranumerários precisam ser detectados e tratados o quanto antes, pois além dos problemas estéticos eles podem causar problemas funcionais e clínicos. Infelizmente a única forma de tratar é fazendo a retirada dos dentes em excesso, quando possível. Tais dentes podem atrapalhar o surgimento dos dentes adjacentes. A não retirada dos supranumerários pode causar tumores e aglomeração de quistos.

                                 

          
                       

  • Tipos:
Supranumerários podem ser classificados pela forma e pela posição. As formas incluem:
Suplementar (onde o dente tem uma forma normal para os dentes, em que a série);

Tuberculados (também chamado de “em forma de barril”);

Cónico (também chamado de “peg moldada”);

Odontome composto (múltiplos pequenos dentes formas semelhantes);

Odontome complexo (uma massa desorganizada de tecido dental)

Quando classificados pela posição, um dente supranumerário pode ser referido como um mesiodens, um paramolar, ou um distomolar.

O dente supranumerário mais comum é um mesiodens, que é um mal-formado, dente peg-como que ocorre entre os incisivos centrais superiores. Molares quarto e quinto, que formam atrás dos terceiros molares são outro tipo de dentes supranumerários.

                       


                     
                       

  • Causas:

Há evidências de fatores hereditários, juntamente com alguma evidência de fatores ambientais que conduzem a esta condição. Muitos dentes supranumerários nunca entrar em erupção, mas podem atrasar erupção dos dentes vizinhos ou causar outros problemas dentários. Molar do tipo dentes extras são a forma mais rara. Raios-X dentais são muitas vezes utilizados para diagnosticar hiperdontia.

Sugere-se que os dentes supranumerários desenvolvem a partir de um botão segundo dente resultante da lâmina dental perto do germe do dente normal ou, eventualmente, a separação do dente do broto regulares si. Dentes supranumerários em decíduos (bebê) dentes são menos comuns do que em dentes permanentes.

                       

                       


  • Condições relacionadas:

Uma condição semelhante é hipodontia, em que há menos do que o número normal de dentes. Hiperdontia é visto de uma série de doenças, incluindo a síndrome de Gardner e disostose cleidocraniana onde múltiplos dentes supranumerários são vistas que normalmente são afetados.

Fonte: http://comunidademib.blogspot.com.br/2014/05/conheca-hiperdontia.html