sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Mais um terreiro pega fogo no DF este ano. É possível que tenha sido por intolerância religiosa.

Perícia Técnica está investigando se o incêndio do terreiro de Candomblé é criminoso

Incêndio pode ter sido motivado por intolerãncia religiosa (Foto: Agência Brasil)
Na madrugada desta sexta-feira (27), mais um terreiro de candomblé foi incendiado, desta vez no Núcleo Rural Córrego do Tamanduá, no Paranoá - Lago Norte (DF). Por volta das 5:30 horas, o fogo aumentou e destruiu o barracão da casa. Cinco pessoas dormiam lá, e por sorte ninguém ficou ferido. O Corpo de Bombeiros foi ao local, apagou o fogo e continua realizando as perícias do incêndio, cujo o resultado sairá em 30 dias.

A coordenadora de Comunidades de Matriz Africana de Terreiros da Fundação Cultural Palmares, Mãe Baiana, informou que levantou ao ouvir estalos e ao sair viu que o fogo já tinha tomado todo o barracão. “Eu levantei e o fogo já estava muito alto, tomando conta de tudo. Como estou arrumando tudo, lá dentro tinha muita louça, esteiras, as roupas dos santos, mas não tinha velas acesas porque eu coloquei em outro local”, disse ela. Há suspeitas do incêndio ter sido provocado por intolerância religiosa. Mãe Baiana, disse ainda, ter visto várias vezes um ômega azul circulando próximo a casa, e na noite anterior o mesmo carro esteve no local.

Barraco localizado dentro do templo ficou destruído ( foto: Reprodução)
Se a suspeita de crime for confirmada, este terá sido o quinto ataque a terreiros nos últimos anos. Só este ano na região, mais dois templos foram atacados, um em Santo Antônio do Descoberto (GO), outro em Águas Lindas de Goiás. O primeiro deles já foi atacado duas vezes.
O presidente da Federação de Umbanda e Candomblé de Brasília e Entorno, Rafael Moreira, se pronunciou sobre o assunto e disse que a federação está trabalhando para descobrir o(s) autor(es) do ataque. Disse ainda, que com o apoio de outras instituições, a federação promoverá campanha para divulgar à sociedade sobre o que está acontecendo.


Links relacionados: