quarta-feira, 18 de junho de 2014

Espanha: "O fiasco da Copa 2014"

A Espanha garantiu na tarde desta quarta-feira (18/06) 

o título de fiasco da Copa de 2014.

Com a derrota para o Chile, a atual campeã mundial se despede da competição logo na primeira fase, após duas derrotas: 5 a 1 para a Holanda, na estréia, e 2 a 0 para os chilenos.
Jogadores do Chile comemoram o segundo gol contra a Espanha no Maracanã, no Rio
Jogadores do Chile comemoram o segundo gol contra a Espanha no Maracanã, no Rio
Com a eliminação, Espanha iguala o 'feito' da França em 2002 e da Itália, em 2010, quando, também campeãs nas edições anteriores, não passaram da primeira fase

"A fúria", como é chamada por sua torcida, era uma das seleções favoritas ao segundo título mundial na história da Espanha, mas parece ter desandado desde a derrota para o Brasil na final da Copa das Confederações de 2013, por 3 a 0. 
Nesta quarta contra o Chile, apesar de ter mais posse de bola, a Espanha parecia nervosa e com dificuldade para finalizar. Quem abriu o placar foi a seleção sul-americana, com gol de Vargas, aos 19 minutos, após receber passe de Aranguiz, driblou Casillas e chutou de bico: 1 a 0. Os espanhóis perderam ainda mais o controle e deram espaços perigosos aos adversários.
O som da torcida no Maracanã se alternava entre chilenos comemorando a vitória e brasileiros vaiando Diego Costa, atacante brasileiro naturalizado espanhol, que possivelmente teria recusado jogar na seleção brasileira para defender a equipe espanhola. No fim do primeiro tempo, mais um gol, para desestrututrar de vez os europeus. Sanchez bateu falta, Casillas espalmou mal e Aranguiz finalizou marcando 2 a 0 aos 43 do primeiro tempo.
No segundo tempo, a Espanha voltou melhor, mas não foi o suficiente para mudar o resultado que se manteve. O que também não mudou foi o tratamento da torcida a Diego Costa, substituído aos 18 por Torres e vaiado por milhares de pessoas no Maracanã.
A torcida, feliz com a iminente desclassificação espanhola, também começou a fazer o que os torcedores espanhóis estavam acostumados a gritar: "Olé", além de gritos de "Eliminados" a partir dos 20 minutos finais.

 A eliminação precoce da seleção espanhola foram motivos de diversas piadas nas redes sociais, vejam algumas delas: 







Agora é torcer para a nossa seleção canarinho não nos decepcionar !
Pra frente Brasil !